Um espaço para sermos …circunstancialmente…

Tales Messias

 

Hoje, domingo, num desses raros dias onde podemos descansar sem outro compromisso agendado, assistí a um filme: “Como se fosse a primeira vez”. É a história de uma jovem, muito bonita, que após sofrer acidente de carro, passa a ter um problema mental onde sua memória curta é perdida durando apenas um dia. Cada dia, após o acidente, é completamente novo. Com isso, ela esquece de tudo o que houve com ela no dia anterior. Inclusive de um rapaz que a conheceu após esse acidente, e que por ela se apaixona.

Todo o restante do filme é uma grande lição de vida: o “namorado diário”, que a ama muito, precisa conquistá-la a cada dia. Como se fosse o primeiro encontro dos dois. Ele precisa, todo dia, fazer com que ela se apaixone por ele. A despeito da família e de todo mundo, que tenta afastá-lo dela, por não acreditar no relacionamento deles, ele, diariamente, de todas as formas possíveis a conquista. Sabe ele que quando ela fecha os olhos…todas as memórias do dia esvaem-se.

 

Esse filme leva-me a mim mesmo.

 

As rotinas têm o poder de levar de nós os sentimentos mais importantes. Furta aqueles sentimentos que fizeram nos apaixonar. Nos rouba da mente detalhes que um dia nos impressionou. Tem poder de esfriar o que um dia já foi efervescente. Consegue potencializar em nós grosserias contra aqueles por quem poderíamos morrer. De forma impressionante desfaz sabores do que dantes só trazia prazer.

 

Olho pra mim…não me vejo no filme…isso me preocupou…e me levou à oração…

 

“Deus, me ensina e me ajuda a abrir os olhos, cada manhã, ciente e grato pelo trabalho que tenho… com as dificuldades, pressões, prazos e tensões… mas lembrando que, um dia, quando nada tinha, orava pedindo a ti por um trabalho… e quando prometia a mim mesmo que iria dedicar-me a ele, valorizando-o, por saber a dor de não tê-lo.

 

Me ensina e ajuda a tomar meu café…cada dia…com sabor diferente…pela gratidão de tê-lo a cada dia…

 

Quando acordar e for dar o primeiro abraço e beijo na minha filhinha…que seja como sendo o primeiro…que seja doce, forte, emocionante, cheio de amor como se só tivesse aquele dia com ela…

 

Quando for dar um beijo em minha esposa, que este não se pareça com um aperto de mão e nem se torne rotina diária, ritualmente determinado, para a despedida ao trabalho. Mas, que nesse beijo, haja respiração, olhar, toque e intensidade de alguém que queira demonstrar todo o amor sentido…que seja longo…não apressado…que seja sincero e fisicamente bem expressado e que reflita a não vontade de despedir-me.

 

Que eu ame a quem eu encontrar no caminho…ao meu próximo…como se aquele momento fosse o primeiro…ou último…

 

Que eu ame a Deus com a mesma paixão e intensidade que um dia me fez despertar pra Ele. Quando um dia decidi, movido por Ele, a ser dEle. Que O ame acima até de mim. Isso fará com que ame os outros, da forma como amo a mim mesmo. Isso fará com que, cada dia, cada manhã, em cada almoço, em cada adormecer, em cada oportunidade dada, eu saiba que preciso viver diariamente, dia a dia, amando as pessoas, os momentos e a Deus como se fosse meu último dia.

 

E que isso traga de volta algumas ações que teimam em perder-se no tempo e na rotina:

– Um café da manhã na cama para minha esposa e filha;

– Uma surpresa para quem amo;

– Uma cartinha de amor;

– Uma tarde num parque totalmente dedicada a minha filha;

– Uma palavra de amor e gratidão pelo amor e coerência de meus pais;

– Uma tarde dedicada à reflexão e silêncio, para estar comigo e com Deus;

– Uma auto-análise sobre como tenho dedicado meu tempo aos pobres e àqueles excluídos;

E um sem-número de outros detalhes da vida…que por estarem sempre presente…perdem-se na nossa incapacidade de vê-los…tornando-se ausentes.

 

Enfim, que a rotina não faça com que me “acostume” com detalhes da vida a ponto de ignorá-los. E que, por isso, eu encare tudo do meu dia “como se fosse a primeira vez"

Comentários em: "COMO SE FOSSE A PRIMEIRA VEZ" (1)

  1. LAURINHA disse:

    Muito Lindo !!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: